Janela 10/40 Kuwait

A primeira igreja, dentre os países da janela 10 /40 que vamos conhecer um pouco melhor é a igreja que se encontra no Kuwait. Segundo a Missão Portas Abertas, esse país é o 28º em grau de perseguição aos Cristãos. O Kuwait se tornou um pouco mais conhecido para nós devido a guerra do Golfo na década de 90. No entanto, ainda temos muito o que aprender sobre este país, e principalmente com a igreja que lá sobrevive.
O Kuwait está situado entre o Iraque e a Arábia Saudita. Em um território onde 99,16% do solo é desértico, a subsistência do país provém da reserva petrolífera que lá se encontra.  O contingente populacional é de 2.595.628, sendo que,  1.291.354 dos habitantes no Kuwait, não é nacional de lá, são estrangeiros palestinos, egípcios, jordanianos, iranianos, paquistaneses, indianos, bengaleses e filipinos. A porcentagem cristã no Kuwait é de 5%, ou seja, do total de habitantes nativos, apenas 147.981 tem almas salvas pela fé em Cristo Jesus. Existem 29 grupos étnicos dos quais 11 ainda não foram sequer evangelizados. É claro que existem muitas outras informações econômicas e políticas sobre o Kuwait, para obter tais informações incidamos este link: http://www.indexmundi.com/pt/kuwait/ . Mas, como nosso objetivo é conhecer a igreja, vamos focar nosso post sob este aspecto.
De acordo como site http://www.portasabertas.org.br “o primeiro cristão de que se tem notícia no Kuwait foi um católico norte-americano que chegou ao país em 1795. A maioria das igrejas, no entanto, foi construída em anos mais recentes”. Fato é que não há plena liberdade de culto neste país, exceto para os mulçumanos que são os únicos considerados cidadãos no Kuwait. Por isso, apesar de os cristão terem o direito de viver e trabalhar no Kuwait, não tem o direito de expressar sua fé publicamente, senão dentro de suas igrejas físicas. O evangelismo é proibido. Existem apenas 27 congregações cristãs, pelo menos oficialmente, em todo o território nacional. E, além disso, o governo Kuwaitiano incentiva, até financeiramente, a compra de bíblias pelos mulçumanos, para serem queimadas publicamente.
Motivos de oração
Segunda — Ore para que Deus alcance os nativos. Ore para que surjam líderes nacionais cristãos para dirigir a Igreja.

Terça — Ore para que Deus alcance os líderes (governamentais, empresariais, familiares e tribais), que podem abrir grandes portas para o ministério no país.

Quarta — Muitos kuwaitianos viajam a outros países a turismo, negócios ou para estudar. Ore para que eles encontrem cristãos que lhes falem corajosamente a respeito do Salvador.

Quinta — Ore para que os poucos crentes kuwaitianos mantenham-se firmes na fé, e a compartilhem com suas famílias e amigos.

Sexta — Ore para que os crentes estrangeiros abracem a visão de alcançar seus colegas e vizinhos muçulmanos, e por sabedoria na transmissão do Evangelho.

Sábado — Conteúdo cristão na internet, rádio, televisão via satélite e vídeos podem evangelizar o Kuwait. Ore para que os kuwaitianos respondam à mensagem do Evangelho.

Domingo — Ore por unidade no povo de Deus e avidez para ir ao encontro das necessidades espirituais, físicas e emocionais do povo. Ore para que essa unidade esteja presente tanto nos líderes como no povo.

1 comentários:

At 15 de junho de 2011 20:35 Oração e Intercessão said...

TENHO PASSADO POR MUITOS BLOGS E TENHO VISTO A PREOCUPAÇÃO DOS IRMÃOS COM A IGREJA PERSEGUIDA, E DE ALGUMA MANEIRA TENTAM CHAMAR A ATENÇÃO DO POVO DE DEUS PARA ESTA REALIDADE...
GLÓRIA A DEUS , IRMÃO CONTINUE FIRME NESTE PRÓPOSITO.
QUE DEUS TE ABENÇÕE, FICA NA PAZ!
http://intercessaoeoracao.blogspot.com

 

Postar um comentário

Pesquisar neste blog