COMO TERMINA A HISTÓRIA?

Na Ásia, em alguns países como a Coréia do Norte e Iêmen, é comum cristãos possuírem algumas poucas páginas da Bíblia, às vezes, até uma única página. Isto ocorre porque a oferta de Bíblias não atende a demanda dos cristãos. Sua posse ou distribuição nestes países são extremamente proibidas.

Há uma história do irmão Sung que lia exatamente o mesmo trecho bíblico sobre Moisés. No entanto, a página que continha o fim do relato sobre a vida deste patriarca havia sido entregue a outro cristão e ele não tinha como saber o seu desfecho. Como aquele povo seria alimentado no deserto?

Durante meses, este irmão lia sua página da Bíblia, ansiando para saber como a história terminava. Será que todos morreriam de fome como em seu país? Imagine-se lendo um livro de ficção com o último capítulo faltando! Ninguém pode te contar a história porque ninguém a conhece. Não existem outros exemplares disponíveis.

Era assim que aquele cristão se sentia! Sua oração todos os dias era que Deus providenciasse uma maneira para que ele pudesse ler o final da história. E assim Deus fez. Anos mais tarde, esse querido irmão teve a oportunidade de se encontrar com um pastor que possuía a Bíblia completa. Sung implorou que ele lhe emprestasse a Bíblia. O pastor relutou, não sabia se podia confiar nele. A Bíblia era algo raro naquele país e ele tinha receio de perde-la ou de ser denunciado.

Quando Sung teve a oportunidade de segurara as Escrituras completas em suas mãos pela, primeira vez, começou a chorar e a procurar desesperadamente pela página que completaria sua história.

Agora imaginemos... Se a perseguição chegasse de repente ao Brasil, as Bíblias fossem confiscadas e precisássemos ser alimentados somente pelas Palavras de Deus que guardamos em nossos corações. Será que seria o suficiente? Será que teríamos palavras de consolo, força e ânimo para resistir à opressão?

Fonte: Missão Portas Abertas

“Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.” (2 Coríntios 3:3)

1 comentários:

At 2 de junho de 2011 22:52 Oração e Intercessão said...

É REALMENET É DE SE PARAR E PENSAR COMO AND O NOSSO CRISTIANISMO. CLAMAMOS AOS PRANTOS A DEUA POR COISAS TÃO BANAIS.ENQUANTO OS NOSSOS IRMÃOS SOFREM DE VERDADE. QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NÓS. ESPERO QUE NÃO SE IMPORTE MAS COLOCAREI ESSA MENSAGEM EM MEU BLOG TAMBÉM.
QUE DEUS ABENÇÕE, FICA NA PAZ!
http://intercessaoeoracao.blogspot.com

 

Postar um comentário

Pesquisar neste blog